Hoje é terça-feira, 22 de maio de 2018

Publicidade

Polícia Civil divulga vídeo, novas imagens e detalhes sobre Operação que apreendeu mais de R$ 3 milhões de quadrilha

09 de maio, 2018 às 19:39

Na manhã desta quarta-feira (9), a Operação Washing Machine, da DP de Sapiranga, desarticulou uma organização criminosa envolvida em tráfico de drogas, roubos, extorsão, homicídios, lavagem de dinheiro, entre outros crimes. Oito pessoas foram presas e mais de R$ 3 milhões em bens e valores foram apreendidos, somente em veículos, entre carros e motos, o valor ultrapassa R$ 1.100.000,00. Armas e munições também foram localizadas.

A organização criminosa que domina o tráfico de drogas na região, alvo da operação, teria se unido a outro grupo ligado à exploração de jogos de azar, juntos, os grupos seriam responsáveis pela exploração de máquinas caça níqueis em 13 cidades, entre a Capital, região metropolitana, serra e litoral. A facção criminosa que tem atuação em todo estado, seria responsável pelo suporte e proteção armada para os crimes de roubo, extorsão e homicídio. Os dois grupos montaram um esquema de favorecimento mútuo e lavagem de dinheiro do crime organizado.

 

Leia também:

Homem assassinado na Barrinha

Série Prata de futsal já tem equipe classificada para a segunda fase

Brigada Militar prende homem e apreende menor por tráfico de drogas no Rio Branco

Segundo o delegado Fernando Pires Branco, durante as investigações apurou-se que Sapiranga, assim como outras cidades da região metropolitana e interior, estariam sendo invadidas pelo “projeto caça níqueis” de uma organização criminosa. O objetivo era aliciar ou coagir indivíduos ligados à exploração de jogos de azar nas cidades alvo, com o intuito de dominar a exploração de jogos de azar, associando o grupo com os contraventores locais.

A investigação teve início a partir de uma ocorrência que, no princípio, tratava-se como roubo, e posteriormente constatou-se indivíduos trajando camisetas semelhantes as da Polícia Civil entraram em um estabelecimento, onde existia uma sala oculta com máquinas caça níquel. No local, eles pediram o dinheiro das máquinas e na sequência foram até a residência do proprietário. Dias depois, o mesmo grupo atentou contra a vida de um indivíduo que, segundo informações anônimas, comercializava as máquinas e havia vendido ao proprietário dono do estabelecimento invadido.

Somente em dinheiro foram apreendidos quase R$ dois milhões de reias (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Durante as investigações, apurou-se ainda, que dois indivíduos com apoio da organização criminosa teriam dominado os jogos de azar da cidade de Sapiranga e arredores, forçando a participação de estabelecimentos comerciais que não faziam parte do esquema. A Polícia Civil efetuou a prisão dos indivíduos responsáveis pelo mesmo tipo de ação no litoral norte e por um homicídio ocorrido na cidade de Canela. Após a captura de um dos foragidos, ele foi reconhecido pelas vítimas como líder do grupo que havia realizado o suposto roubo em Sapiranga.

Cerca de 60 policiais participaram do cumprimento de 55 ordens judiciais, sendo 21 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão, além de um bloqueio de conta corrente de um dos 21 suspeitos que estão sendo investigados. Os mandados foram cumpridos em Sapiranga, Campo Bom, São Leopoldo e Caxias do Sul. Os locais e as identidades dos presos não foram divulgados pois a investigação terá prosseguimento.

Além do dinheiro, diversos bens como carros e motos foram apreendidos (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Confira no vídeo divulgado pela Polícia Civil alguns momentos da Operação Washing Machine

Publicidade

2017 - Tudo Online em Campo Bom