Hoje é domingo, 16 de junho de 2019

Publicidade

A partir do tributo dos 60 Anos Campo Bom passa a contar com uma orquestra

13 de junho, 2019 às 10:04

Uma noite de emoção, comemoração e homenagem. Foi assim que a Secretaria de Educação e Cultura, realizou um Tributo em Homenagem aos 60 anos de Campo Bom, com o musical “Terra, Vida e Alegria”. O evento aconteceu na terça-feira, 11, no Teatro do Complexo Cultural CEI.

O espetáculo, que foi aberto à comunidade, contou com diversas apresentações culturais de integrantes da Escola de Arte-Educação (EAE) como teatro, ballet, apresentações dos imigrantes alemães, apresentação do Coral recepcionando os convidados no anfiteatro, entre outros. Logo após a recepção, o público prestigiou o musical no Teatro Marlise Saueressig e, como ponto alto do espetáculo, foi anunciada a mudança da Camerata da Escola de Arte-Educação que, a partir de então, se tornou orquestra, com a nomenclatura de Orquestra Jovem da Escola de Arte de Campo Bom. Um momento histórico para a Camerata, que foi criada em março de 2011, com 11 integrantes oriundos dos cursos de instrumentos musicais, que atualmente conta com 35 componentes, acrescido de vários naipes.  A ação integra o projeto Avança Campo Bom, dentro do programa Educação e Cultura: Compromisso com a Qualidade.

 

Leia também:

Brigada Militar prende homem por posse de drogas no Rio Branco

Usaflex inaugura unidade na antiga sede do Viadei

Prefeitura inaugura novo espaço do CRAS e CREAS no Centro

O prefeito Luciano Orsi entregou uma cópia do decreto instituindo a Camerata como Orquestra Jovem da Escola de Arte ao Maestro Rondineli Lopes. E o Presidente do CPM e a Secretária de Educação e Cultura entregaram uma placa de comemoração. “Parabenizo a Orquestra Jovem da Escola de Arte de Campo Bom, que tanto tem nos trazido orgulho com suas apresentações, levando a música com emoção por onde passa”, falou Orsi.

“Esse é um momento histórico para Campo Bom. Esse é o resultado de todo um trabalho que temos dentro das escolas, trabalhando as habilidades musicais de nossos jovens. Como fruto deste trabalho, dentro da EAE, oportunizamos que esses jovens busquem o aperfeiçoamento destas habilidades”, define a secretária de Educação, Simone Schneider.

Camerata passa a se chamar Orquestra Jovem da Escola de Arte de Campo Bom (Foto: Fernanda Hescher/PMCB)

Publicidade

2017 - Tudo Online em Campo Bom