Hoje é domingo, 16 de junho de 2019

Publicidade

Março termina com temperatura abaixo da média histórica

29 de março, 2019 às 20:54

Este ano, o mês de março está terminando com a temperatura abaixo da média mensal normal histórica em 35 anos que é de 22.7°C, ou seja com desvio a menor em 0.6°C. Relembrando, nos primeiros oito dias fez muito calor e a média fechou em 25°C, caiu para 23.6°C até o dia 21 e agora até ontem baixou para 22.6°C. Até o final do mês no domingo, as mínimas continuarão abaixo da média histórica que é de 18.4°C e este último final de semana do mês, apesar de prometer elevação nas temperaturas máximas a média do mês não deverá se alterar muito. As máximas de sábado e domingo de acordo com a previsão do Oitavo DISME deverão superar os 30°C com possibilidade de pancadas de chuvas nos períodos da tarde. Poderá inclusive dar praia no Litoral Gaúcho.

O destaque climático do mês ficou por conta da elevada precipitação ocorrida, que até ontem somava 206.0 mm, só superado em 2014, que é o recorde para este mês, quando atingiu 240.9 mm. Em 35 anos, somente nestes dois anos o acumulado em março superou os 200.0 mm, lembrando que a média mensal normal é de 124.4 mm. O ano em que menos choveu num mês de março ocorreu em 1988 com acumulado de apenas 25.9 mm, e que curiosamente foi o mais quente na média das temperaturas com 25.1°C. Este ano a máxima de março ocorreu no dia 04 com 37.3°C e a mais baixa está semana na última terça feira dia 26, quando a mínima baixou para 12.8°C num belo dia do sol como ilustra a imagem abaixo.

Os extremos este ano ficaram próximos ao Março do ano passado, que registraram máxima de 38.4°C no dia 18 e mínima de 12.5°C no dia 13. A precipitação no ano passado foi bem menor com 95.4 mm abaixo também da média mensal já referida acima.

TEMPESTADE TROPICAL IBA: O destaque climático nesta semana, sem dúvida no país, foi o da ocorrência da ” Tempestade Tropical IBA” conforme ilustra a imagem abaixo, mostrando a imagem de satélite na última segunda-feira dia 25, cujo fenômeno ameaçava se dirigir a costa norte do Espírito Santo e sul da Bahia. Já na quarta feira, a tempestade Tropical IBA, estava perdendo força e se encontrava vem mais afastado na costa do Oceano. Na segunda feira dia 24, o INMET lançou nota sobre o Fenômeno, em que a Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha ( CHM ) e com colaboração com o INMET e do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos ( CPTEC ) citava que a Depressão Tropical que se formou no litoral sul da Bahia, apresentava ventos com intensidade de 65 km/h as 09h do dia 24 e foi reclassicada como Tempestade Tropical IBA, com centro na posição geográfica 18.5 graus S e 036 graus W, em alto mar, nas proximidades da cidade de Conceição da Barra ( ES ), com seu deslocamento previsto para a direção Sudoeste e seus efeitos poderiam ser sentidos no litoral sul da Bahia e Espírito Santo, até o dia 26. A expressão ” IBA ” significa ” ruim ” em tupi-guarani conforme a Nota.

NOTA: No último sábado, dia 23 de Março, foi celebrado o ” DIA METEOROLÓGICO MUNDIAL “. Campo Bom que tem sua Estação de Meteorologia implantada desde o dia 01 de Setembro de 1984, se integra nas comemorações, lembrando o estabelecimento da Organização Meteorológica Mundial ( OMM ) em 23 de Março de 1950, como a sucessora da Organização Meteorológica Internacional criada em 1873. Desde 1961, o Dia Meteorológico Mundial tem comemorado a entrada em vigor da Convenção que instituiu a OMM em 23 de Março de 1950. O dia mostra a contribuição essencial que os Serviços Meteorológicos e Hidrológicos Nacionais fazem para a segurança e o bem estar da sociedade. A cada ano, as celebrações se concentram em um tema da atualidade. O tema deste ano do Dia Meteorológico Mundial de 2019, ” O Sol, a Terra e o Tempo ” não poderia ser mais oportuno, nos levando de imediato lembrar as enxurradas do início do mês e suas consequências na vida das pessoas em cidades do Vale dos Sinos, principalmente em Novo Hamburgo e Campo Bom.

Publicidade

2017 - Tudo Online em Campo Bom