Hoje é domingo, 23 de setembro de 2018

Publicidade

CRAS oferece curso de costura para mamães e gestantes

13 de setembro, 2018 às 23:21

Favorecer a construção do exercício da autonomia entre as gestantes e os responsáveis familiares, a partir do reconhecimento de suas capacidades, possibilitando que encontrem um novo sentindo para suas vidas. Foi pensando nisso que a Prefeitura de Campo Bom, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Habitação (SMDSH) elaborou o projeto Alinhavando o Futuro, destinado a mamães e gestantes.

Na ação, que ocorre quinzenalmente no CRAS da Grande Operária, sempre as quartas-feiras, são ensinadas técnicas de corte e costura e sobre como utilizá-las para a produção de roupas e outros acessórios que integram o  enxoval do bebê, bem como a produção de roupas na primeira infância, fazendo com que essas mulheres sejam produtoras daquilo que necessitam. Ao mesmo tempo, um trabalho é desenvolvido junto as crianças (filhos das participantes do grupo) com atividades para fortalecer vínculos e prevenir ocorrência de situações de exclusão social e de risco.

 

Leia também:

Brigada Militar prende homem que poderia tentar feminicídio

Setembro Amarelo: Mês de prevenção ao suicídio 

Último dia para inscrições no Futsal 40 Anos

O curso é ministrado por uma voluntária artesã com conhecimento de corte e costura, uma professora de educação física, uma assistente social e uma estagiária de psicologia. A oficina conta com turmas de no máximo 15 integrantes.

Segundo a coordenadora geral da assistência social Julia Figueiró, oferecer através da técnica de corte e costura a possibilidade das gestantes, mães e cuidadoras descobrirem suas capacidades e potencialidades antes desconhecidas. “Possibilita ainda a essas mulheres saírem da situação de impotência frente aos obstáculos que vivenciam como a falta de recursos para comprar roupas para os filhos, preocupações e ansiedades da própria gestação, para uma posição de produtoras daquilo que necessitam”, ressalta Julia.

São ensinadas técnicas de corte e costura e sobre como utilizá-las para a produção de roupas e outros acessórios (Foto: Fernanda Hescher/PMCB)

O titular da SMDSH, Eduardo Assmann, explica que o público alvo integra os usuários beneficiários de programa sociais e através da avaliação das famílias que procuram o Acolhimento Social que e é composto de gestantes, genitoras e responsáveis familiares que possuem crianças na primeira infância. “Além das mães que são acolhidas pelo projeto, os filhos dessas beneficiadas também tem atividades que são desenvolvidas especialmente para eles”, relata Assmann.

As integrantes estão aprendendo inicialmente pontos básicos de costura, costura de bainha, prega de botões e zíperes, fazer caseado, fazer moldes de roupas, cortar moldes em tecidos, entre outras técnicas. Utilizando a técnica de corte e costura serão produzidas roupas e kits infantis para crianças na primeira infância, composto das seguintes peças desde lençol, edredom, coeiro, fraldas de pano, até conjunto de pijama.

Publicidade

2017 - Tudo Online em Campo Bom